terça-feira, 26 de novembro de 2013

Quem sou.... 




Sou certa ou errada...
Não sei...
Sou chuva ou tempestade...
Não sei...
Sou poeta, louca ou sonhadora...
Não sei...

Só sei que que sou chuva de felicidade...
que acalmo a tempestade.
Sou certa na hora errada.... 
sou errada nas horas certas.
Sou turbulência na tua vida... 
sou seu ponto fraco onde você se faz forte
nas madrugadas debaixo dos lençóis.... 

Sou tudo aquilo que nunca quis ter
mas sou o amor que sempre sonhou em viver...
Sou nada diante de tudo que tens 
mas sou; "Mais que Tudo"
quando faço falta para você dentro do vazio do teu mundo...

Sou poeta sonhadora a menina que não sabe nada
sou nada mas sou poeta... sou menina que te irrita, 
mas se perde nos meus olhos quando me vê
e, se alimenta quando tiro a roupa 
e como louco se veste em mim... 
Enquanto eu respiro você!


Iana Silva!

terça-feira, 21 de agosto de 2012




Lágrimas escondidas...


Cansei de viver pintando a cara e fazer os outros sorrir
enquanto aqui dentro do peito, choro e sangro 
tirando todos os espinhos 
que durante na vida fui colecionando...

Me alimentei de migalhas em horas roubadas de sonhos
me dei de corpo e alma e quase nada recebi...
Será que tiro a maquilhagem da cara
para meus olhos tristes sorrir..?!

Passo madrugadas inteira escrevendo minha dor em poemas
jogando fora assim toda dor que me atormenta
mas, só sonhar não alimenta... esse é o cenário que me obriga
e volto a guardar todas as lágrimas escondidas!

Por Iana Silva ( Flor de Sal)

sábado, 3 de dezembro de 2011

Alma Seca... (Ela)




Por mais tratado de "Paz" que alguma vez se propõe e nunca assinar, é como uma guerra fria de letras num livro que ninguém ira ler. 
Eu acordo pela manhã como uma escaramuça de fronteira que cresce no aproximar dos dias.... 

Esgotadas as munições e a tristeza invade a alma ferida que seca com um grito vazio que ninguém ouve na terra queimada da paixão.... Sem encontrar um fuso horário que unisse os dois mundos. 
Falta-me já as forças para recomeçar e estou demasiada cansada para voltar a lutar pelo amor que não pode ser meu por inteiro.

Desta vez é mesmo "Adeus definitivo," Ou um até breve...? 
Ambos sabemos que para o amor é terrível dizer Adeus, quando ambos nutrimos o mesmo sentimento. Cansados de um Adeus que eu... eu, sim! Eu, não consigo cumprir! Tenha calma alma seca... calma, um dia de cada vez! Sinto-me como nas cartilhas dos viciados arrependidos interrompendo a felicidade de um amor tão intenso jamais vivido...

Nem um de nós vamos cumprir o adeus por completo. Sempre iremos ouvir o chamado um do outro nos sonhos. É como nossos nomes respondessem à revelia dos donos... de cada vez, será a noite pronunciados pelo outro: "Preciso de ti!" Pois sem ti a Vida dói!" Esse amor é grande, mas, secou com o adeus... Aí, que falta faz esse amor que nos entranha como um orgão imaterial e nos faz respirar por toda a vida.

Acordar dentro do amor da pessoa amada, encontrar o cheiro quente da felicidade nos lençóis escangalhados pela solitária viagem dos sonhos.... Então, longe um do outro pensamos; Como....? Como podíamos ter vivido longe um do outro todos esses anos...? Por muitas vezes dispensamos conversas, um dizer sem palavras, ambos víamos as palavras flutuando, iluminadas sobre caricias partilhadas. Como se começássemos a falar essas palavras, exactas, frágeis, absolutamente silenciosas se quebrassem.

E hoje "Alma Seca" somos dois sistemas solares distantes um do outro... A vida pára com tanta coisa que ficou por dizer... tanta coisa que ficou por fazer.... tanta coisa ficou por viver à dois... Agora há só um para viver o que ficará interrompido escondido !

Então, volto a chorar em silêncio e fingir que durmo. Vou escutando o vagaroso tempo rasgar o sangue.... "Adeus.....?" Pois, meu mundo acabou de ruir e o seu recomeçará enquanto junto os destroços deste. É difícil viver sem sua metade... é impossível viver assim! 
"Alma vai secando até virar pó num vale de ossos secos.....!"


Por: Flor de Sal 

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

O Único Corpo é o Teu.... (ELA)


Eu sou apenas metade do meu corpo e do meu ser....
Rejubilando no reencontro com a outra metade que é você... 
por algumas vezes choro em silêncio.....
Escondendo cada noite que em alguns segundos 
passo em pavor. Como ossos de lágrimas, cartilagens de sentimentos roídos,
rodas soltas de corações sem motor.
Eu e você vejo como dois sistemas solares 
distantes um do outro quando você partes para longe 
Longe um do outro a vida "Dói"


Então, hoje sinto passar o dia a me esconder do mundo atrás da cortina....
Nem preciso chorar, para não sofrer mais....
Sabe; Antigamente, bastava eu pensar na minha mala que 
conseguia trazer nos bolsos para me sentir protegida.
Mas, isso foi autrora, noutra vida que agora precisa ser reconstruir rapidamente
Antes comia gelado a noite e hoje vejo que odeio comer gelado sozinha 
na cama. Achava que o excesso de calorias se produzia através da minha solidão.
Achava que era uma mulher que coloria a vida com um corpo diferente... Mas Não!
Hoje o único corpo quente que alegra a minha vida é o teu.


Quando lembro-me da cara que tu fazes quando entra dentro de mim 
"É como estivéssemos a entrar  no céu..."
 E sem ti sinto minha vida como um livro em branco ou como lá na frente alguém vir arrancar 
todas as páginas felizes de um futuro distante e inserto!
Mas as pessoas que amamos são do tamanho de nossos sonhos,
 "Não é mesmo?"
Só nós sabemos e entendemos essa saudade violenta
e a carícia que vem antes, 
durante e depois de cada beijo!


(Fotos net )
Por: Flor de Sal ;)

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

A Voz do Medo...............


Tem momentos em que meu coração esta na pontinha do olho como uma lágrima pronto para cair.... E a insegurança muitas vezes não me  deixa mostrar o tamanho do meu sentimento.... como é "Grande" como é "Forte" como é "Sereno" e "Tranquilo"........... existe tanto medo no meio disso tudo. Existe uma dor insistente que de vez em quando vai nos assustando..... cada minuto atrasado, dias e horas roubadas podem causar danos maiores .... cada toque do telefone, uma chamada não atendida ou uma desculpa dada é sempre um risco que se corre..... podemos nos perder (ai vem o medo) mas somos felizes e nos completamos tanto que a tristeza vem invade a alma mostrando nossa realidade onde sabemos que vives uma vida dividida... Tu deixas um vazio quando partes rumo ao teu mundo distante.... E que faço eu sem ti.... Se sou teu "Diamante?"............... Diz-me tu Pedaço de Mim......... diz-me tu....?!

Por: Flor de Sal

sábado, 29 de outubro de 2011

Personagem de um sonho (Ele)


Dizes que pertenço aos teus sonhos...
Que sou fantasia que perdura...
Juras com lábios risonhos
Que sou parte da tua loucura 

E eu que não sou nada nem ninguém...
Apenas imploro hoje , aqui e além
Que não te queixes... e por favor não me deixes...
Se  porventura não for esse alguém

As palavras que mais me doem
Ditas com precisão
São aquelas que nos atingem na alma ,
no sonho na emoção...

E aquelas que me dizes
Que por certo fizeram outros felizes 
Relevam-me com exatidão
Como sofreu e sofre esse teu coração!

De:Tatuagem para Flor de Sal com delicada ternura...sempre.






quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Tatuagem... (Ela)


Quero beijo de língua;
Quero suas mãos agarrando firme meu corpo...
Pouco à pouco, você vai aprendendo
entregando-te o meu desejo mais louco...



Vem, atira as nossas roupas no chão,
esqueça a suavidade e o carinho 
Não penses que hoje vai me fazer mulher 
assim devagarinho....





Quero mais... 
Hoje você será meu fruto especial
E eu para você serei 
O seu "Prato Principal"



Por: Flor de Sal 
(Iana)